On Bronks: Parte 6

Para ler a parte anterior clique AQUI

Um longo papo regado a cerveja e risadas. Aqueles olhos misteriosos que olhavam para os meus de forma tão intensa que parecia me conhecer a anos me intrigavam. Seu nome era Theo e me contou quase toda sua vida, que trabalhava no bar do restaurante que havíamos ido tem mais de um ano e que era um andarilho pelo mundo. Já havia morado em outros países e se fixado em Porto Alegre por tempo demais e seu próximo destino era, São Paulo.

Conversamos por tanto tempo que me esqueci da vida, de onde estava e claro, da hora, eram 6 da manhã e eu tinha que estar na locação, onde faríamos às fotos da banda do Pedro às 8. Num movimento sem pensar (e muito menos falar) levantei e corri para o elevador e ele sem entender veio junto e me acompanhou até a porta do meu quarto.

- Obrigado pela noite

- Obrigada pela compan…-nem consegui terminar a frase, quando vi já estávamos nos beijando no corredor. Empurrei em meio a dúvida e mil pensamentos em minha me entrei no quarto. Só vi a cara dele de duvida quando bati a porta.

Tudo tinha acontecido muito rápido, eu mal tinha tirado o Pedro da minha mente. Respirei fundo, tomei um banho, separei o equipamento e fui rumo às fotos.

O lugar era incrível, com uma paisagem sensacional fotografamos o dia todo e entre fotos, trocas de roupas e afim o Pedro pediu para darmos uma volta  e mais uma vez tocou no assunto ex e sua confusão, eu pedi desculpas e disse que não sabia lidar com isso e obvio não ficaria esperando ele definir o que queria. Até porque no fim do dia quem estaria me esperando para jantar parecia muito mais resolvido e interessante…


Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • Digg
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

ca_pardini

Comentários

  1. Natália Jurioli disse:

    Tô amando isso *comendopipoca* .

  2. Sarah Khrissyer disse:

    A Dona Natália Jurioli me fez viciar *amando*

  3. [...] On Bronks: Parte 6.1 Para ler a parte anterior clique AQUI [...]